SP apresenta baixos índices de umidade relativa do ar

Regiões da capital registravam índice de umidade de 23%, abaixo dos 30% considerados satisfatórios pela Organização Mundial de Saúde

Agencia Estado

15 de junho de 2007 | 02h51

Por mais um dia, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) registrou baixos índices de umidade relativa do ar, em São Paulo. Na tarde desta quinta-feira, 14, o tempo seco atingia principalmente os bairros de Capela do Socorro, Campo Limpo e Parelheiros, onde o índice de umidade era de 23%. Este número é inferior aos 30% considerados satisfatórios pela Organização Mundial de Saúde (OMS), e os moradores das regiões citadas podem ter problemas respiratórios. Os bairros de Ermelino Matarazzo e Perus apresentavam umidade em torno de 24%. Na região do Centro, em Itaquera e no Butantã o índice variava de 27% a 30%. De acordo como CGE, cujas estações realizam as medições, os baixos índices são verificados na capital desde o último dia 6.

Tudo o que sabemos sobre:
umidadearindicebaixo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.