SP: carro cai em córrego após perseguição

Três homens foram detidos, na noite de ontem, após manterem um médico refém durante um seqüestro-relâmpago, na zona sul. Na perseguição, o veículo dirigido pela vítima, acabou caindo no Córrego Pirajussara, na divisa com o município de Taboão da Serra, na grande São Paulo. Por volta das 21h30 de ontem, João Carlos Rodrigues, de 31 anos, radiologista do Hospital das Clínicas de São Paulo, estava em seu Golf azul, quando foi abordado por três homens em um semafóro da Avenida Francisco Morato, região sudoeste da cidade.Os assaltantes, armados com um revólver calibre 38, mandaram a vítima seguir até a região do Campo Limpo. Na Avenida Carlos Lacerda, no bairro Pirajussara, policiais do Tático Móvel da 5ª Companhia do 16º Batalhão passaram ao lado do carro do médico e desconfiaram dos ocupantes. O médico recebeu ordem para acelerar e fugir dos soldados. No final da rua Manoel do Amorim, a vítima perdeu a direção do carro, que caiu no Córrego Pirajussara. O médico não sofreu nenhum ferimento. Houve troca de tiros e o menor E.P.S., de 17 anos, foi baleado. Além dele, os policiais prenderam Anderson Carlos Rodrigues, de 31 anos, e Wilky Alves Simões, de 18 anos. O caso foi registrado no 47º Distrito Policial, do Capão Redondo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.