SP deixará de arrecadar R$ 800 mi em ICMS

A arrecadação de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de São Paulo deverá ter crescimento zero de agosto até dezembro. Isso significa que o Estado deixará de arrecadar R$ 800 milhões, de acordo com Coordenador da Arrecadação da Secretaria da Fazenda, Clovis Panzarini. Ele afirmou que o governador Geraldo Alckmin está muito preocupado com a queda na arrecadação no Estado. "O governador tem razão, teremos uma perda por causa da desaceleração da economia, decorrente do racionamento de energia elétrica", afirmou. Segundo a Secretaria da Fazenda, a perda de arrecadação na última segunda-feira foi R$ 47 milhões. Esse desempenho é preocupante porque cerca de 40% da receita do ICMS se concentra nos primeiros cinco dias úteis do mês. Foram arrecadados nesse período R$ 758 milhões, ante uma previsão de R$ 805 milhões. A previsão já era considerada conservadora, porque a média de arrecadação do quadrimestre abril-julho havia sido de R$ 852 milhões nos primeiros cinco dias úteis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.