SP: irmãos foram esquartejados

Os irmãos João Vitor, de 13 anos, e Igor Giovanni, de 12, foram asfixiados, queimados e esquartejados no ano passado, em Ribeirão Pires, na Grande São Paulo. O pai, João Alexandre Rodrigues, de 39 anos, e a madrasta, Eliane Rodrigues, de 35, estão presos desde que os crimes foram descobertos, em setembro. Ambos confessaram a participação nos homicídios. O pai e a madrasta respondiam denúncia de tortura um ano antes de matar os meninos. À Justiça, ao Ministério Público e ao Conselho Tutelar, os garotos disseram ser constantemente torturados pelo casal. Mesmo assim, uma decisão judicial os desinternou e os enviou novamente para junto da família.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.