SP: moradores de rua são vítimas de queimaduras

Três moradores de rua foram vítimas de queimaduras em menos de 4 horas na região central da cidade de São Paulo, entre a noite de ontem e no começo da madrugada desta quinta-feira. Por volta das 20h30, Sebastião Cândido Lima, de cerca de 40 anos, dormia na rua Amaral Gurgel, em Vila Buarque, quando acordou com parte da roupa que usava em chamas. Segundo policiais militares da 2ª Companhia do 13º Batalhão, que socorreram a vítima, o autor da tentativa de homicídio havia sido um outro morador de rua, que não foi localizado. Com queimaduras de 2ª grau nos braços, Sebastião continua internado no pronto-socorro da Santa Casa. O caso está registrado no 77º Distrito Policial, de Santa Cecília.Uma hora depois, na avenida Ipiranga, na região central, o morador de rua José Carlos Gonçalves, de 42 anos, também teve parte do corpo queimado por desconhecidos. Ele dormia na calçada e acordou em meio ao fogo que consumia suas roupas e cobertores. Homens do Corpo de Bombeiros encaminharam José Carlos ao pronto-socorro da Santa Casa, onde ele continua em observação, com queimaduras nos dois braços e no tórax. O caso será registrado no 3º Distrito Policial, de Santa Ifigênia, e a polícia ainda não tem informações sobre o possível criminoso.Acidente - No início da madrugada de hoje, à 0h30, desta vez, na rua Marta, na Barra Funda, região centro-oeste da capital, uma mulher identificada apenas como Marisa, aparentando 35 anos, sofreu queimaduras de 2º grau nas pernas, após parte do barraco onde morava ficar destruído pelo fogo. Segundo os Bombeiros, ela teria esquecido uma vela acesa, o que provocou o incêndio. Marisa permanece internada no pronto-socorro da Barra Funda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.