SP: mulher foi jogada em córrego durante temporal

A suposta morte de uma mulher, de aproximadamente 26 anos, que teria sido causada por afogamento no córrego Tiquatira, na zona leste da capital, durante o temporal que atingiu a capital paulista ontem, não foi confirmada pela Defesa Civil do Estado de São Paulo e pelo Corpo de Bombeiros. Segundo informações destas duas fontes, a mulher foi jogada na tubulação do córrego no trecho da Avenida Governador Carvalho Pinto, na Penha, também na zona leste. As informações esclarecem que a morte da mulher não aconteceu na enxurrada, pois naquela região, a chuva não foi intensa, portanto não possibilitaria morte dessa natureza. O Corpo de Bombeiros, que resgatou o corpo da mulher, também confirmou essa tese. O caso foi registrado no 90º Distrito Policial do Parque novo Mundo, na zona norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.