SP registra 82 homicídios durante o Natal

Pelo menos 82 pessoas foramassassinadas na cidade de São Paulo durante o feriado do Natal.De acordo com dados da Polícia Militar, 31 foram mortas das 8horas do dia 24 até a meia-noite do dia 25. Segundo a Secretariada Segurança Pública de SP, outras 51 pessoas foram assassinadasentre a noite de sexta-feira e a manhã de segunda. No ano passado, no fim de semana que incluiu os dias 24e 25 de dezembro, foram registrados 53 assassinatos. Asecretaria, apesar do feriado prolongado, divulgou apenas aestatística dos homicídios do fim de semana. Ficaram de fora dolevantamento os dias 24 e 25. Das 20 horas do dia 21 até as 8 horas do dia 24 foramregistrados - nas oito delegacias seccionais da Polícia Civil nacapital - 51 assassinatos. Em Santo Amaro, na zona sul, foram 16vítimas. Em segundo lugar ficou Itaquera, na zona leste, com 12homicídios. A Seccional Norte registrou outros 8 assassinatos. Chacina - Na véspera do Natal, a Polícia Militar - queatende praticamente todos os casos de homicídio - registrou 24vítimas mortas, incluindo três homens assassinados com tiros nacabeça numa chacina ocorrida no Parque Grajaú, na zona sul. Umsuspeito foi preso pela polícia. Por volta das 22h30, um meninode 12 anos, Douglas Luigi de Souza, foi morto por trêsdesconhecidos numa favela da zona leste. Ele teria saído de casapara comprar fogos de artifício para comemorar o Natal. Ainda segundo dados da Polícia Militar, 19 pessoas foramassassinadas até a meia-noite do dia 25. Entre os casos, estãotrês duplos homicídios registrados nas delegacias de São Mateus,Vila Alpina e Teotônio Vilela, todas na zona leste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.