SP: rodízio será retomado na quinta-feira

O rodízio de veículos em São Paulo, suspenso por causa do feriado de carnaval, volta na quinta-feira nos horários de pico da manhã e da tarde - entre as 7 e as 10 horas e das 17 às 20. Com isso, não poderão circular nesses períodos, no centro expandido da capital, veículos com placas de final 7 ou 8. Quem desrespeitar a lei correrá o risco de ser multado. O valor da autuação de rodízio é de R$ 85,13. O motorista infrator também perderá quatro pontos na carteira.A área de restrição do rodízio municipal é formada pelas Marginais do Tietê e do Pinheiros, Avenida dos Bandeirantes, Túnel Maria Maluf e Avenidas Tancredo Neves, das Juntas Provisórias, Luís Inácio de Anhaia Melo e Salim Farah Maluf.Automóveis estão proibidos de trafegar nessas vias e no interior do centro expandido, delimitado por elas. Caminhões só não podem circular dentro desses limites. Nas vias que delimitam o minianel viário, eles podem transitar livremente, desde que não transportem produtos perigosos. Nesse caso, devem respeitar a restrição também nessas vias, mas apenas no período da tarde, entre as 17 e as 20 horas.O objetivo da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) é diminuir o trânsito nos horários de maior movimento e aproveitar melhor os períodos em que as vias ficam menos carregadas. São Paulo tem, segundo dados da empresa, cerca de 5 milhões de veículos. Diariamente quase 3,5 milhões circulam na capital. Apenas pelas Marginais do Tietê e do Pinheiros passam 810 mil veículos por dia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.