SP: seis mortos na 9ª chacina do ano

Cinco homens e uma mulher foram mortos, a tiros, na 9ª chacina registrada somente neste ano na região metropolitana de São Paulo, contabilizando, até o momento, 34 vítimas fatais em crimes deste tipo. Por volta das 18h de ontem, seis pessoas teriam sido surpreendidas por atiradores dentro da loja de assistência técnica de celulares Lodccel, localizada na Lapa, zona oeste da capital. Segundo policiais militares da 1ª Companhia do 04º Batalhão, um parente de uma das vítimas, após ligar inúmeras vezes para a loja e não conseguir ser atendido, foi até o local e encontrou as seis pessoas mortas na sobreloja.Entre as vítimas, cujos nomes ainda não foram informados, estão um policial militar, que estava à paisana, a esposa dele, e outros quatro homens, um deles possivelmente o dono da loja, que é irmão do PM. Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da Polícia Civil, estão no local da chacina e tentam colher mais dados para explicar o ocorrido. O caso será registrada no 07º Distrito Policial, da Lapa.Jundiaí - A última chacina do ano havia ocorrido em Jundiaí, a 64 quilômetros da capital paulista, no dia 1º de março. O agricultor Duílio Pessoto, de 56 anos, matou um primo e três amigos e depois se suicidou. Segundo testemunhas, um dia antes, no domingo, os colegas de bar do agricultor chegaram a questionar sua masculinidade, por morar sozinho nessa idade, o que teria motivado o crime, segundo a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.