SP será sede de programa contra a pobreza

A União Européia escolheu a cidade de São Paulo como sede para o Programa Urb-Al. O evento, que dura três anos, compõe-se de debates sobre a luta contra a pobreza. A prefeita Marta Suplicy (PT) disse que a cidade receberá US$ 500 mil da União Européia para serem gastos na organização dos trabalhos. Sua Assessoria de Imprensa divulgou nota, porém, informando que esse valor seria liberado em euro, não em dólar.De acordo com a Prefeitura, a data do evento ainda será marcada. Para ser escolhida, São Paulo concorreu com a Cidade do México. Era necessário o apoio de 30 cidades latino-americanas e 20 européias. São Paulo foi apoiada por 81 cidades, incluindo Rio, Paris e Lisboa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.