SP tem em um dia 20,5% da chuva esperada para dezembro

A chuva parou São Paulo nesta segunda-feira. Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), choveu em média 41,3 milímetros na cidade - cada milímetro corresponde a um litro de água por metro quadrado. O valor corresponde a 20,5% da quantidade de chuva esperada para o mês de dezembro na capital, que é de 201 mmm. Ao todo, o CGE registrou 31 pontos de alagamentos, sendo cinco intransitáveis. As fortes chuvas atrapalharam também o trânsito. Às 19 horas, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrava congestionamento de 171 km. A média para o horário é de 96 km.O Aeroporto de Congonhas também foi afetado: pousos e decolagens pararam das 16h50 até as 17h19. Nove vôos foram cancelados.No início da tarde, carros ilhados, sendo arrastados pela força da água, comércios inundados e o caos espalhado pela cidade fizeram a Defesa Civil pôr São Paulo inteira em estado de atenção pelo perigo de inundação. Algumas subprefeituras foram avisadas do risco de deslizamentos de casas. A partir das 16h30, duas horas após a chuva começar, as primeiras ocorrências chegaram à central do órgão. Foram pelo menos quatro quedas de muro na zona sul e moradias inundadas em duas favelas na zona norte.De acordo com o CGE, a chuva começou primeiro nas zonas sul e oeste da capital. No Morumbi, no São Paulo Futebol Clube (SPFC), ficaram inundados a parte social, as alamedas, a central de atendimento e os campos de futebol society, enquanto que as piscinas foram inundadas com barro. ?Foi catastrófico?, disse Antônio Luiz Belardo, diretor social da entidade. ?As águas ainda estão altas, não dá pra levantar o valor do prejuízo ainda. Sócios e funcionários ficaram ilhados na área social?. Balanço parcial da Defesa Civil divulgado às 19 horas, mostra que a região mais afetada pela chuva foi o Butantã, na zona oeste, com 127 mm.Os bombeiros atenderam 17 chamados. Entre eles, um motorista em cima de um carro na Avenida Escola Politécnica e outro de um deficiente físico preso dentro do veículo, na Lapa, zona oeste. Na mesma região, automóveis se chocaram, deixando duas pessoas feridas levemente.Mais chuvaA previsão, no entanto, é de mais chuva para a terça e quarta-feira, segundo a meteorologia do CGE, que já havia antecipado na semana passada a possibilidade de temporais. O volume médio de chuvas do mês de novembro deste ano atingiu, segundo a Defesa Civil, 217,5 milímetros - no mesmo período de 2005, choveu 78mm.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.