SP tenta baixar débito para R$ 30 bi

A Prefeitura de São Paulo propôs ao Ministério da Fazenda baixar o saldo da dívida dos atuais R$ 44 bilhões para R$ 30 bilhões. Os juros de 9% mais IGP-DI pagos pelo município poderiam ter caído para 6% se, na assinatura do contrato, a prefeitura tivesse quitado 20% da dívida à vista. A proposta é pagar os 20% agora e corrigir toda a operação para os 6%. Para isso, a Prefeitura tomaria um empréstimo do Banco Mundial. "É bom para o Tesouro, que receberia R$ 6 bilhões à vista", disse o secretário de Finanças, Mauro Ricardo Costa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.