Spanair suspende voos após perder apoio financeiro da Catalunha

A companhia aérea espanhola Spanair anunciou nesta sexta-feira o fim de seus voos depois de perder o apoio econômico do governo da Catalunha, região no nordeste da Espanha.

REUTERS

27 Janeiro 2012 | 22h35

"A Spanair informa que a companhia tomou nesta tarde a decisão de encerrar as operações a partir desta noite. O último voo comercial pousará às 22h do dia 27 de janeiro de 2012", afirmou a empresa em comunicado à imprensa.

A companhia interrompeu a venda de passagens nesta tarde depois que a Generalitat da Catalunha (governo local), que tem participação no capital da Spanair, anunciou que deixaria de investir na empresa deficitária.

"Diante da falta de visibilidade financeira para os próximos meses, a empresa optou por encerrar a operação de seus voos como medida de prudência e segurança", informou a companhia aérea.

A Spanair teve em 2009 um dos piores acidentes na história do transporte aéreo da Espanha, quando um de seus aviões caiu em Madri, provocando 154 mortos.

A Generalitat justificou sua decisão de deixar de investir na companhia com o ajuste orçamentário pela crise econômica local e com a fracassada tentativa de encontrar um sócio para a empresa, depois que a Catar Airways abandonou as negociações para entrar no capital da Spanair.

"(A crise econômica e a saída da Catar Airways) impossibilitam novos aportes de capital da Generalitat e assim foi comunicado ao presidente da companhia", afirmou o governo da Catalunha em nota à imprensa.

Junto a investidores privados, a Generalitat controla por meio do veículo de investimento IEASA 84,6 por cento do capital da Spanair.

A companhia, focada em voos nacionais e europeus, buscava desde o ano passado um sócio para lançar voos intercontinentais.

(Por Robert Hetz)

Mais conteúdo sobre:
AEREASSPANAIRSUSPENDE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.