SPTrans testa cartão eletrônico do idoso

A SPTrans iniciará segunda-feira o teste piloto para a implantação do Cartão do Idoso no sistema de transporte de ônibus da cidade. O primeiro teste será feito com cinqüenta idosos da zona sul, que receberão os cartões, a partir das 9 horas, na Biblioteca Infanto Juvenil Viriato Côrrea, na Vila Mariana. Estarão presentes no evento o secretário municipal de Transportes, Carlos Zarattini, e o presidente da SPTrans, Carlos Alberto T. Carmona.Já na próxima quarta-feira, outros 50 idosos da zona leste da capital integrarão o projeto, totalizando cem pessoas escolhidas através dos fóruns do Grande Conselho Municipal do Idoso.Segundo a empresa, para o teste os idosos, ao embarcarem nos ônibus, deverão passar pela catraca e seguir viagem na parte traseira do veículo. Assim, aumenta a oferta de lugares a esses passageiros oferecendo mais conforto durante o percurso.A SPTrans pede para que os idosos envolvidos no projeto utilizem os ônibus diariamente durante seis meses, período no qual o sistema estará sendo aperfeiçoado visando a implantação definitiva do projeto Bilhete Único.O Bilhete Único permitirá aos usuários utilizarem mais de um meio de transporte durante um determinado período, sem o pagamento de nova tarifa.Para viabilizar este projeto, a SPTrans instalou catracas eletrônicas em toda a frota do sistema, totalizando 3.336 veículos com o equipamento, sendo 1.857 veículos na zona sul, 1.228 na zona leste, 461 na zona oeste e 90 na zona norte.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.