STF concede liminar a deputado ficha-suja

CEARÁ

, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2010 | 00h00

O deputado federal Eugênio Rabelo (PP/CE) obteve ontem uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) que assegura seu registro para concorrer à reeleição este ano. Rabelo havia sido alcançado pela Lei da Ficha Limpa, quando teve as contas desaprovadas na época em que foi prefeito de Ibicuitinga, na região metropolitana de Fortaleza. Em dezembro ele foi condenado a ressarcir aos cofres públicos o valor de R$ 187.473,89, atualizados até o dia 30 de novembro de 2005, além da perda da função pública, Por meio de seu advogado. Rabelo informou que deve ingressar com liminar no TSE para confirmar a decisão do STF.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.