STF manda soltar médico condenado por castração de meninos

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou a libertação do médico Césio Flávio Brandão, condenado por participar de emasculação de crianças em Altamira, no Pará. A Justiça estadual havia-se recusado a autorizar a soltura do médico, porque, entre outros motivos, a residência de Brandão é no Espírito Santo. Mas o ministro Marco Aurélio concluiu que o médico tem direito de recorrer da condenação em liberdade por ser réu primário e ter "bons antecedentes".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.