AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

STF nega recurso de Jorgina de Freitas

Os ministros da 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negaram, nesta terça-feira, um novo pedido da advogada Jorgina Maria de Freitas contra a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro que a condenou a 14 anos de reclusão por formação de quadrilha e peculato."Não pode gerar nulidade do julgamento condenatório, que ocorreu em 4 de julho de 1992, não ter sido a ré interrogada sobre fatos imputados a terceiros, ainda que conexos, em 27 de janeiro de 1993, isto é, posteriormente à decisão que a condenara", argumentou o relator do recurso no STF, ministro Sepúlveda Pertence.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.