STJ concede liberdade a envolvido no assalto ao BC

O ministro Paulo Gallotti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), concedeu habeas-corpus em caráter de extensão a Flávio Augusto Mattioli, acusado de participação no assalto à caixa-forte do Banco Central, em Fortaleza, em agosto de 2005. O pedido da defesa de Mattioli se baseou na revogação provisória da prisão preventiva de Marcos Ribeiro Suppi, no dia 28 de junho. Suppi também é acusado de participação no assalto, que envolveu ao todo 23 pessoas em processo. Eles ficarão em liberdade até a apreciação do mérito da questão pelos demais ministros do colegiado. Ao decidir pela concessão da liminar ao acusado, Gallotti destacou que o STJ concedeu habeas-corpus a José Charles Machado de Morais e Deusimar Neves Queiroz, também acusados de participação no assalto. O crime aconteceu nos dias 6 e 7 de agosto de 2005 e foi considerado o maior assalto a um banco brasileiro, no qual foram levados cerca de R$ 164 milhões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.