STJ concede liminar a favor de procurador

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) estendeu ao procurador da Fazenda Nacional Sergio Gomes Ayala - preso na Operação Têmis sob acusação de violar segredo de Justiça - liminar concedida ao advogado Luís Roberto Pardo. Os dois haviam sido presos acusados de quebra de sigilo judicial. O ministro Peçanha Martins entendeu que eles cometeram o mesmo delito.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.