STJ culpa má distribuição de renda pela violência

O presidente interino do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves, divulgou nota hoje lamentando o assassinato do prefeito de Santo André, Celso Daniel (PT). "Minha indignação não é na condição de magistrado, mas como cidadão também estou preocupado e na esperança de que possamos encontrar meios de coibir esta onda tão grande de violência", diz o texto da nota.Para Nilson Naves, a causa do crescimento da violência é principalmente a desigualdade na distribuição de renda . "Sempre achei que se previne mais o crime com investimentos na iluminação pública do que tornando mais graves as penas do Código Penal", afirma o ministro.Ele se declarou favorável à profissionalização das polícias civil e militar como forma de combater a violência.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.