STJ rejeita recurso no caso Bateau Mouche

O Superior Tribunal de Justiça rejeitou o pedido dos sócios da empresa Bateau Mouche Rio e Turismo para que mais um recurso contra sentença de indenização prosseguisse. Os sócios queriam que, 20 anos depois do naufrágio do barco, que matou 55 no réveillon de 1988, o processo de indenização pela morte do tripulante Júlio Simão voltasse ao início e fosse para a Justiça Federal (depois de condenação pela Justiça estadual).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.