STJ revê julgamento de Sebastião Curió

A Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve decidir hoje se anula ou não o julgamento do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, que condenou o ex-deputado Sebastião Curió como réu do processo sobre o assassinato do menor Laércio Xavier da Silva. O recurso é de autoria do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios que afirma que como se trata de um crime doloso contra a vida, o caso deve ser julgado pelo Tribunal do Júri e não pelo Tribunal de Justiça.O Ministério Público quer que sejam julgados também os dois filhos do deputado e dois policiais, envolvidos na morte do menor, em fevereiro de 1993. Laércio e seu irmão Leonardo eram acusados de roubar as chácaras de um condomínio em Sobradinho, Brasília, e teriam sido atingidos por tiros disparados por Sebatião Curió.

Agencia Estado,

20 de fevereiro de 2001 | 09h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.