Subcomandante de batalhão da PM se entrega após matar comerciante no Rio

Tenente-coronel sacou arma e atirou contra a vítima durante uma discussão no Cachambi

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

02 Junho 2012 | 04h37

SÃO PAULO - O tenente-coronel Anderson Albuquerque, subcomandante do 19º Batalhão, de Copacabana, zona sul do Rio, apresentou-se espontaneamente, na noite de sexta-feira, 1, no plantão da 23ª Delegacia, do Méier, zona norte, segundo policiais deste distrito policial, após matar a tiros, por volta das 20 horas, durante uma discussão, o dono de uma padaria localizada na Rua Cachambi, no Cachambi, também na zona norte.

 

O oficial e o comerciante, identificado como João Luiz dos Santos Lima, trocavam agressões físicas quando o policial, à paisana, sacou uma arma e atirou. A vítima morreu no local. Segundo o plantão da delegacia do Méier, peritos da Divisão de Homicídios (DH) foram até o local e realizaram a perícia, mas não quiseram informar detalhes sobre o motivo da discussão entre Albuquerque e o comerciante. Ferido durante a briga com o comerciante, o oficial da PM foi atendido no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.