Subdiretor de Bangu 1 se sentia ameaçado

O diretor do presídio Bangu 1, major Danilo Nascimento da Silva, informou que o subdiretor Wagner Vasconcelos da Rocha, assassinado hoje, havia pedido para deixar o cargo por medo de morrer. Segundo Silva, ele ficou assustado depois de sofrer uma suposta tentativa de assalto e pediu para ser exonerado. O diretor disse que estava para atender o pedido do subordinado. Rocha havia voltado de férias ontem. Ele foi atingido por dois tiros - um nas costas e outro no braço esquerdo -, quando passava pela Estrada São João Caxias, em São João de Meriti, Baixada Fluminense, que fica perto de sua casa. Ele seguia para Bangu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.