Subprefeitura da Sé continua retiradas de barracas na região central

A operação para a retirada das barracas dos vendedores ambulantes na Ladeira da Memória, na região central de São Paulo, continua nesta quinta-feira,5. Segundo a Subprefeitura da Sé, que coordena a ação, desde às 9 horas, cerca de 140 barracas já haviam sido retiradas.De acordo com a Subprefeitura, os ambulantes trabalhavam na região, inclusive em uma área pertencente ao Metrô, por meio de uma liminar, que foi cassada em julho do ano passado. O prazo para a categoria deixar o local venceu no início deste ano, mas a ação de retirada começou na quarta-feira, 4. No primeiro dia da operação, agentes da subprefeitura, em conjunto com a Guarda Civil Metropolitana (GCM), apreenderam as mercadorias dos ambulantes, suficientes para encher 23 caminhões. Até uma televisão de 29 polegadas foi apreendida, além de jogos eletrônicos. Mais de 200 barracas foram esvaziadas. Houve tumulto, mas ninguém ficou ferido. Três pessoas foram presas por resistência. A mercadoria foi encaminhada para o depósito da Subprefeitura da Sé. Os camelôs que tiverem notas fiscais dos produtos poderão retirá-los em até 30 dias, mediante a apresentação do documento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.