Subsecretário exime RJ de responsabilidade por chacina

O subsecretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, Marcelo Itagiba, eximiu o governo do Estado de responsabilidade pela chacina ocorrida dentro da Casa de Custódia de Benfica, na zona Norte do Rio. "O Estado não pode e não deve ser responsabilizado quando facínoras cometem crimes contra outras pessoas", disse ele no seminário "Parceiros na Segurança", realizado na Federação de Comércio do Rio, na zona Sul. Segundo Itagiba, os responsáveis pela matança são os bandidos que agora terão de responder a inquéritos por isso. Ele revelou ainda que o Estado estuda a possibilidade de indenizar as famílias dos reféns mortos pelos rebelados.Já a governadora do Rio, Rosinha Matheus, não quis falar com os jornalistas esta manhã ao deixar o seminário. Ela saiu do auditório pelos fundos e seguiu direto para a garagem, onde um carro a esperava. Pouco antes, no discurso que abriu o encontro, ela comentou brevemente o episódio da rebelião na Casa de Custódia de Benfica. "O governo do Estado não está calado diante desse último episódio. O dr. Astério (Pereira dos Santos, secretário de Administração Penitenciária) está dando todas as declarações sobre esse assunto e o governo está tomando todas as medidas cabíveis", disse Rosinha. O titular da Pasta da Segurança, Anthony Garotinho, e o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, eram aguardados, mas não compareceram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.