Substituto de Toffoli encara governo como cliente

Luis Inácio Adams[br]PERFIL[br]Advogado-Geral da União

Felipe Recondo, O Estadao de S.Paulo

17 de março de 2010 | 00h00

BRASÍLIA

Luis Inácio Adams assumiu o comando da Advocacia-Geral da União em outubro. Tem perfil eminentemente técnico, ao contrário de seu antecessor, José Antonio Dias Toffoli, ligado ao PT, que deixou o cargo para assumir uma vaga no Supremo Tribunal Federal. Enquanto Toffoli levava a AGU como órgão de Estado, ele entende que tem um cliente a ser defendido: o governo.

Adams entrou para a advocacia pública em 1993. Em 2001, foi nomeado secretário-geral de Contencioso. Em 2006, assumiu a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. A atuação em processos milionários no STF foi uma das principais credenciais para ser escolhido o novo advogado-geral da União.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.