Sucuri resgatada no RS é levada para Parque Zoológico da FZB

Brigada Militar cogita a hipótese de tráfico de animais, já que a espécie não é nativa da região

Solange Spigliatti, do estadao.com.br,

14 Janeiro 2010 | 08h21

Uma sucuri capturada em setembro do ano passado em uma granja no município de Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, será levada para o Parque Zoológico da Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (FZB/RS), em Sapucaia do Sul.

 

Como a espécie não é nativa da região, a Brigada Militar acredita que o animal pode ter sido abandonado no local por traficantes de animais ou chegado junto à carga de madeira vinda de algum Estado onde a espécie é encontrada, que pode ser da Amazônia ao Paraná.

 

A serpente foi entregue ao Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que encaminhou o animal ao hospital veterinário do Zoo da FZB para o tratamento de lesões na pele, luxações e feridas na boca.

 

Durante todo o período, a cobra recebeu tratamento e agora está em condições de ser exposta no Terrarium, espaço destinado a abrigar serpentes venenosas e não venenosas, aberto à visitação pública. O zoológico já dispõe de um exemplar da mesma espécie em exposição.

 

Animal pode ter sido abandonado por traficantes de animais da região

Mais conteúdo sobre:
Rio Grande do Sul sucuri zoológico

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.