Suíça mantém contas de Maluf congeladas

A Justiça suíça decidiu manter sob confisco mais de US$ 13 milhões em nome da família do deputado Paulo Maluf (PP-SP) em contas nos bancos do país dos Alpes. Se somado ao dinheiro ainda bloqueado no restante da Europa, a família Maluf conta com um total de pelo menos US$ 48 milhões confiscado temporariamente entre contas em Jersey, França e Luxemburgo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.