Super-bebê baiano tem convulsões após ter alta de hospital

O "super-bebê", Mateus Araújo, de um ano e três meses e 24 quilos, teve convulsões após receber alta na sexta-feira. Episódios desse tipo já aconteceram mais vezes com o bebê, que era amamentado pela mãe quando ficou quieto, como se estivesse dormindo, mostrando-se inconsciente. Ao voltar para o hospital foi encaminhado para a enfermaria. Ele foi internado no dia 19 de março, no Centro de Referência de Endocrinologia do Hospital Universitário Professor Edgard dos Santos (Hupes), em Salvador, para exames, na tentativa de descobrir a razão do seu excesso de peso, que é praticamente o dobro da média normal para crianças da sua idade. Os médicos detectaram que o problema de Mateus foi uma convulsão febril, bastante natural em crianças quando a temperatura do corpo se eleva muito. Mateus tinha conseguido emagrecer um quilo na internação que havia durado dez dias. Curiosamente, o resultado de seus exames não apontaram problemas associados à obesidade infantil, como presença de gordura no sangue e no fígado, diabete ou pressão alta e sim para a possibilidade de que ele sofra de uma doença genética conhecida como síndrome de Bardet-Biedl. Isso foi concluído pelos critérios clínicos e pelos sintomas que o menino apresenta, como a existência de um dedo a mais na mão esquerda, a diminuição da genitália e o ganho de peso excessivo. Seu tratamento deverá feito com orientação de um nutricionista e atividade física. Ele deverá retornar ao hospital a cada três meses para realizar exames. Será avaliado se vai desenvolver doenças relacionadas à obesidade e se apresentará complicações oftalmológicas ou renais que podem ser causadas pela síndrome.

Agencia Estado,

01 Abril 2007 | 19h49

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.