Suposta bomba é destruída no centro de São Paulo

Uma pasta preta foi deixada esta manhã na Rua Barão de Duprat, na região da Rua 25 de Março, centro de São Paulo. As pessoas que passaram pelo local suspeitaram da mala e avisaram guardas civis metropolitanos e policiais militares, que isolaram a área. Uma equipe do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar (GATE) foi chamada e, por volta das 11h20, explodiu a pasta, que poderia conter algum explosivo.Prossegue hoje a operação que visa apreender produtos contrabandeados naquela área e as especulações sugerem que esse episódio poderia estar ligado a uma possível represália promovida por pessoas descontentes com a fiscalização. Esta tarde, representantes do Ministério Público, Receita Federal e da Polícia Federal vão divulgar o balanço do primeiro dia das blitze realizadas no Shopping 25 de Março, Galeria Pagé e outras lojas situadas na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.