Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Suposta cooperativa de ônibus está parada em SP

Os 730 motoristas e cobradores de ônibus da Cooperativa de Transportes Urbanos (Cooturb) que atende a onze linhas ?bairro a bairro?, em regiões como Itaquera e Cidade Tiradentes, na zona Leste da capital paulista, estão parados nesta manhã de terça-feira. Os carros não foram retirados ainda da garagem, localizada na Rua Jaime Ribeiro Wright, nº 60, próximo ao número 3.500 da Estrada do Pêssego, na Fazenda Caguaçu. Segundo a SPTrans - São Paulo Transportes, que já acionou o sistema Paese com 40 ônibus, os motivos da paralisação são de ordem administrativa.Alguns cooperados, que não quiseram ser identificados, dizem que apesar dos motoristas e funcionários terem formado uma cooperativa, ou seja, com todos supostamente devendo se beneficiar igualmente com os lucros do trabalho em conjunto, a maioria deles está sendo tratada como se fosse funcionário de uma empresa de ônibus normal, com o agravante de não receberem nenhum dos direitos trabalhistas, como registro em carteira. Este direito, inclusive, foi garantido aos ?cooperados? pela Justiça, que entendeu que a administração da Cooturb estava se beneficiando da maior parte dos lucros da cooperativa.

Agencia Estado,

05 de agosto de 2003 | 06h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.