Suposta mãe de Pedrinho diz que também é mãe de Roberta

A empresária Vilma Martins Costa, acusada de ter seqüestrado o filho de criação, Osvaldo Borges Júnior, o Pedrinho, voltou a afirmar, em depoimento prestado nesta quarta-feira à polícia, que é mãe de Roberta Jamilly Martins Borges. Vilma não apresentou prova alguma que confirmasseseu depoimento, e Roberta se negou a fazer exame de DNA.A empresária prestou depoimento pela manhã, na Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), em Goiânia, no inquérito que investiga o seqüestro de Aparecida Fernanda Ribeiro da Silva.Há suspeitas de que Roberta seja AparecidaFernanda e, munida de provas documentais e testemunhais, a polícia acredita queRoberta não seja filha de Vilma. Segundo o delegado responsável pelo caso, Antônio Gonçalves, as declarações de Vilma não acrescentaram muitas informações à investigação.No depoimento, a empresária contestou laudo técnico da polícia que aponta semelhanças de Roberta Jamilly com Francisca Maria Ribeiro, que teve sua filha Aparecida Fernanda Ribeiro daSilva seqüestrada em 1979.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.