Suposto assassino de delegado é morto

O ex-PM Alexandre Lins Medeiros, 39 anos, preso em 2003 por ter-se tornado armeiro do tráfico, matou o delegado Alcides Iantorno com um tiro na nuca, no domingo, informou o chefe de Polícia Civil do Rio, Gilberto Ribeiro. A motivação: vingança pela prisão, feita pela equipe de Iantorno. Medeiros foi morto ontem, em confronto com policiais civis. Em sua casa havia 50 armas, incluindo a que matou o delegado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.