Suposto assassino de vereador se entrega

O suposto assassino do vereador de Guarujá Ernesto Pereira, 38, do Partido Trabalhista Nacional (PTN), morto em novembro do ano passado, entregou-se ontem à noite à Policia Federal de Santos. Com medo de ser morto, caso fosse caçado pelos policiais, Washington Siqueira de Jesus resolveu se apresentar à polícia nesta terça-feira.O crime ocorreu no dia 6 de novembro. Na ocasião, o vereador foi morto no interior de seu carro, um Golf preto, quando chegava ao Condomínio Terra de São José, na Enseada. Uma testemunha disse à polícia que ouviu disparos e que, logo em seguida, um desconhecido passou dirigindo uma moto em alta velocidade.Os tiros que atingiram Ernesto Pereira saíram de uma pistola calibre 380. A hipótese de latrocínio já estava descartada, pois nada havia sido levado do vereador. A polícia não quis passar detalhes sobre a rendição do suposto assassino, mas acredita que agora ficará mais fácil esclarecer o motivo do crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.