Suposto integrante do PCC é preso com metralhadora

O ajudante-geral José Antônio Lisboa Azevedo, de 26anos, foi preso, na madrugada desta quarta-feira, 21, na Rua Chá dos Jesuítas, no bairro Itaquera, zona leste de São Paulo, acusado de portar uma metralhadora Beretta.De acordo com o Departamento de Investigações Sobre Narcóticos (Denarc), o acusado pertence ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e guardava drogas e armas em casa. O acusado é foragido do Instituto Penal Agrícola de Bauru, no interior do Estado.Durante a operação, os policiais também prenderam Enoque Alves da Silva, o Alemão Graxa, Cleber Hernandes de Brito, e Emerson Gonçalves Capato. Com eles, os investigadores dizem ter encontrado 1,5 quilo de maconha, na região do Itaim Paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.