Suspeita de bomba assusta passageiros do Metrô em SP

A suspeita de uma bomba na tarde desta quinta-feira, 04, na Estação São Bento do Metrô, no centro de São Paulo, interditou, por duas horas e vinte minutos, um dos acessos ao local, pelo Vale do Anhangabaú. Pouco depois do meio-dia, um funcionário do Metrô ficou receoso ao ver uma maleta abandonada sobre uma lixeira ao lado das catracas. Ele informou o centro de operações da companhia que acionou, em seguida, o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate). A polícia verificou que o objeto não passava de uma maleta de laptop vazia.O acesso à estação São Bento pelo Vale do Anhangabaú ficou fechado das 12h45 às 15h04 para que um agente do Gate, com roupas especializadas, pudesse retirar dali o suposto artefato. Apesar das dúvidas dos usuários, a entrada na estação era possível pelos outros três acessos e a circulação dos trens não foi prejudicada.Essa é a quarta vez em apenas seis dias que o Gate é acionado para desativar supostas bombas em estações do Metrô, sem encontrar qualquer explosivo. Todas as ocorrências aconteceram depois da explosão de uma bomba em um vagão entre as estações Ana Rosa e Chácara Klabin da Linha Verde do Metrô, na manhã do último 23.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.