Suspeita de levar bebê tem prisão decretada

A Justiça decretou ontem a prisão temporária de Beatriz Mota Magalhães, de 18 anos, acusada de sequestrar Amanda, de um mês, na quinta-feira. O bebê foi devolvido na sexta feira. Até a noite de ontem, no entanto, Beatriz era considerada foragida. Ontem, a mulher acusada de sequestrar outra recém-nascida em Santos foi presa em um hotel no centro da capital. Ela confessou o crime e vai responder em liberdade. O bebê foi para um abrigo.

, O Estadao de S.Paulo

29 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.