Suspeita-se que deputado do PR dirigia bêbado

Além de estar com a carteira de habilitação suspensa por causa de 30 multas nos últimos seis anos - 23 por excesso de velocidade -, o deputado estadual paranaense Fernando Ribas Carli Filho (PSB), de 26 anos, podia estar embriagado quando se envolveu no acidente de carro que matou dois rapazes, na quinta-feira passada, em Curitiba. Suspeita-se que Carli dirigia em alta velocidade. Ele está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Boletim do Sistema Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência registra que o socorrista identificou "hálito etílico" em Carli. A família de um dos mortos protocolou ontem na Assembleia pedido de cassação do deputado, alegando quebra de decoro parlamentar. O pedido seguiu para a corregedoria. A assessoria de Carli não foi encontrada para comentar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.