Suspeito de assaltar turistas italianos no Rio é preso

Três turistas italianos foram assaltados na manhã desta terça-feira, 5, na Avenida Atlântica, em frente ao Hotel Copacabana Palace, no bairro de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Munidos de facas, três homens abordaram Nillo Volpato, de 56 anos, Rosa Ciccia, de 51, e Rolando Guercio, de 76. Ao perceberem a ação, policiais militares que patrulham o bairro perseguiram os bandidos e prenderam somente Douglas Eduardo de Santana, de 19 anos.Com ele, foi recuperado todo o material roubado das vítimas: uma mochila com máquina digital, filmadora e um par de tênis. Nascido em São Paulo, Santana disse na Delegacia de Atendimento ao Turista (Deat) que, há seis meses, veio para o Rio de férias e resolveu ficar. Afirmou também que está hospedado num prédio localizado na Avenida Princesa Isabel e paga R$ 10 pela diária. Santana, que quase foi linchado por moradores do bairro, não tem passagem pela polícia. Em agosto, o turista português André Costa Ramos Bordalo, de 19 anos, morreu esfaqueado na barriga durante um assalto na areia da Praia da Copacabana. O ladrão Claudeci Bezerra da Silva, de 23 anos, foi preso em seguida na esquina da Rua Constante Ramos com Avenida Nossa Senhora de Copacabana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.