Suspeito de atirar em seguranças é detido em SP

A polícia deteve no fim desta manhã, numa região entre o bairro do Capão Redondo, zona sul da capital paulista, e Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, um homem suspeito de ter atirado contra os seguranças do filho mais novo do governador Geraldo Alckmin, na noite de terça-feira. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o suspeito é conhecido como Juca e não tem passagem pela polícia. Ele foi preso depois de uma denúncia anônima e foi levado até o Hospital Militar, para onde foi transferido hoje o segurança que sobreviveu aos disparos, Adoniran Francisco Santos Júnior, que poderá identificar ou não o suspeito. As informações são do jornal SPTV, da TV Globo.A Secretaria de Segurança Pública informou também que a polícia encontrou esta tarde o veículo Peugeot prata usado pelos bandidos no atentado contra o filho do governador Geraldo Alckmin,Segundo a assessoria de imprensa da Secretaria de Segurança Pública, o carro foi encontrado na rua Labatuti, 1052, na Vila Carioca, perto da favela Heliópolis, na zona sul da capital paulista. Segundo a polícia, o Peugeot que pertence a uma estudante de 19 anos teria sido roubado no dia do atentado, por volta da 13h30.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.