Suspeito de integrar o PCC é morto pela polícia

Suspeito de integrar o Primeiro Comando da Capital (PCC), um homem que estava em uma auto Fiat uno vermelho, foi perseguido por policiais da Delegacia Anti-Seqüestro (DAS), no bairro do Brooklin, zona sul de São Paulo, na madrugada deste sábado. Durante a perseguição, houve tiroteio e o homem foi baleado. O suspeito morreu ao ser levado ao Pronto Socorro do Hospital Sabóia, no Jabaquara. Segundo a polícia, ele teria participado dos ataques atribuídos à facção criminosa contra bases do 1º BPMM, no Capão Redondo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.