Suspeito de matar bebê é preso no Rio

Ele morava com a mãe da criança, que é menor de idade, há dois anos

Pedro da Rocha , estadão.com.br

16 Setembro 2011 | 09h05

SÃO PAULO- O auxiliar de serviços gerais David Bento Benfica, de 21 anos, foi preso pela polícia do Rio suspeito de matar um bebê de um ano e cinco meses. Segundo a polícia, ele morava com a mãe da criança, que é menor de idade, há cerca de dois anos e tinham outro filho de quatro meses.

 

De acordo com agentes da 58ª Delegacia de Polícia (DP), na tarde da última terça-feira, 13, David ficou sozinho em casa com as crianças, no bairro Miguel Couto, em Nova Iguaçu. Por volta das 20 horas, David foi até o trabalho da companheira para comunicar que a criança estava passando mal. O bebê foi socorrido para o Hospital da Posse, onde faleceu.

 

A avó da vítima declarou que David ficou irritado por ela ter denunciado ele ao Disque-Denúncia, devido aos maus tratos praticados contra a crianças, e jurou vingança. Com base nos depoimentos e laudo cadavérico, a polícia pediu a prisão temporária do detido, que foi decretada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.