Suspeito de matar brasileiro é encontrado morto em Londres

O suspeito de ter assassinado brutalmente o brasileiro Acioli Pariz Junior no dia 14 de fevereiro em um hotel de Londres foi encontrado morto, enforcado, numa cela da prisão de Brixton, na capital britânica. O Serviço de Prisões do Reino Unido confirmou à Agência Estado que corpo de Roderick McDonald, um ex-soldado de 51 anos natural da Escócia, foi encontrado ao meio dia de terça-feira, 27, por funcionários do presídio. Fontes policiais afirmaram que "todas as indicações sinalizam que foi um suicídio", embora a causa da morte ainda tenha de ser investigada pela polícia.Roderick foi preso no dia 19 de fevereiro em Brighton, cidade litorânea localizada a cerca de 100 quilômetros de Londres. No dia 22, ele foi indiciado pela Justiça como suspeito pela morte de Pariz Júnior. No mesmo dia, a Agência Estado revelou que McDonald era um foragido da Justiça. Ele havia sido condenado à prisão perpétua em 1993 pelo assassinato de sua esposa Elizabeth, mas escapou em maio de 2005 da prisão Castle Huntly, na Escócia.Segundo a imprensa britânica, McDonald era apelidado na prisão de "matador pervertido", por ter sido acusado, durante seu julgamento, de ter estrangulado sua mulher, de 36 anos, por ela ter recusado a manter relações sexuais com ele "e seu amante masculino".Pariz Junior, de 29 anos, vivia no Reino Unido desde 2005. Seu corpo foi encontrado num quarto do hotel Westminster House, em Belgravia, região central de Londres. Texto alterado às 10h45.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.