Suspeito de matar vereador apresenta-se à PF

Washington Siqueira de Jesus, o ?Rato?, de 21 anos, apontado como um dos suspeitos pela morte do vereador Ernesto Pereira, da cidade de Guarujá, no último dia 5 de novembro, apresentou-se hoje, espontaneamente, na Polícia Federal. Ele negou a autoria do crime. ?Rato? tem mandado de prisão decretado. Ela afirma que, na noite em que o vereador foi morto, estava trabalhando no bairro Humaitá, em São Vicente. De acordo com o diretor da PF em Santos, Jaber Saad, depois de ser elaborado um auto de apresentação espontânea, Washington será encaminhado à Seccional da Polícia Civil, que ficará responsável pela investigação. O vereador Ernesto Pereira, que cumpria o seu segundo mandato na Câmara de Guarujá, foi morto quando se encontrava no interior do seu carro, a duas quadras de sua residência.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2002 | 20h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.