Marcos de Paula/AE
Marcos de Paula/AE

Suspeito de sequestrar ônibus no Rio nega participação no crime

Jovem de 21 anos afirma ter sido baleado em Duque de Caxias e leva por amigo ao hospital

Tiago Rogero, estadão.com.br

10 Agosto 2011 | 12h01

RIO - Jean Júnior da Costa de Oliveira, de 21 anos, apontado pela polícia como um dos quatro suspeitos de sequestrar um ônibus na noite de terça-feira na Avenida Presidente Vargas, no centro do Rio, negou que tenha participado do assalto. Ele disse que foi baleado em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense e levado por um amigo ao hospital.

 

 

Ele foi levado por volta de 11h para prestar depoimento na 6ª DP, em Cidade Nova, que investiga o caso.

 

Ferido por um tiro na perna, ele buscou atendimento médico no hospital particular São Lucas, em Copacabana, zona sul da cidade. Funcionários da unidade desconfiaram e acionaram a polícia. Militares do 19o Batalhão da PM (Copacabana) estiveram no local para prendê-lo. O suspeito teria sido reconhecido por uma das vítimas do sequestro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.