Suspeito pula no Rio Pinheiros para tentar escapar

Para fugir da polícia, um suspeito pulou no Rio Pinheiros, zona sul da capital, no fim da noite de anteontem. Júlio César da Rocha, de 27 anos, se jogou da Ponte Cidade Jardim após bater com uma moto em um muro de proteção. Ele foi encontrado pelos bombeiros 30 minutos depois. O suspeito sofreu escoriações por todo o corpo. Após ser medicado no pronto-socorro do Hospital das Clínicas, o rapaz foi autuado e preso em flagrante por portar uma pistola com a numeração raspada, guiar moto sem habilitação e por ter não ter parado para uma abordagem da polícia. Os PMs encontraram também dois celulares. A perseguição começou quando Rocha passou em alta velocidade pela Avenida Juscelino Kubitschek com outro rapaz na garupa da Honda CBX Twister. Uma patrulha desconfiou, seguiu a dupla e teria pedido para a moto encostar. Rocha acelerou. Na Marginal, o garupa saltou e fugiu. A perseguição continuou. Na Ponte Cidade Jardim, Rocha bateu na proteção e se atirou no rio. A polícia ainda não sabe se a moto é roubada, pois o número do chassi foi raspado.

, O Estadao de S.Paulo

06 Agosto 2009 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.