Suspeitos de ataques contra polícia são presos com armas e drogas

Agentes do Setor de Investigações Gerais(SIG) da 6ª Delegacia Seccional Sul da capital paulista, com o auxílio de colegas do 80º Distrito Policial, de Vila Joaniza,detiveram, na noite desta terça-feira, quatro bandidos - entres estes dois adolescentes suspeitos de envolvimento em ataques às basesda Polícia Militar e Delegacias de Polícia de São Paulo.O quarteto estava no interior de um barraco da Favela Sovaco da Cobra, cuja entrada fica na Rua Peixoto de Mello Filho, no Jardim São Jorge, região de Cidade Ademar. Com Severino Severiano do Nascimento, de 26 anos, Ivanildo da Paixão Leal, 20, e dois menores, um de 16 e outro de 17 anos, foram apreendidos uma pistola calibre 9mm, uma metralhadora, 30 kg de maconha, papelotes de cocaína e pedras de crack; além de 600 munições deespingarda calibre 12mm, 300 de fuzil calibre 7.62 e outras dezenas de pistola calibre 380mm. Segundo o delegado titular de Vila Jozaniza, Osvaldo Mortega Medina, apesar das denúncias quechegaram à Polícia de que o quarteto teria participado de investidas contra bases da PM na semana passada, todos os detidos negam qualquer envolvimento com as séries de atentados. Severino e Ivanildo foram indiciados por formação de quadrilha, tráfico de drogas, porte ilegal de armas e corrupção de menores. Os dois adolescentes serão encaminhados à Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor (Febem).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.