Suspeitos de atingir garota que ficou paraplégica são presos

Três suspeitos de assaltar a agência do Banco Itaú na Avenida Ibirapuera, zona sul de São Paulo, no último dia 28 de fevereiro, foram presos nesta quinta-feira, 14, durante a Operação Strike. Os homens, que ainda têm a identidade preservada pela polícia, são acusados de terem trocado tiros com a polícia, quando a adolescente Priscila Aprígio foi baleada e ficou paraplégica.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.