Reprodução/Instagram
Reprodução/Instagram

Suspeitos de esfaquear médico no Leblon são presos

Casal é acusado de agredir o endocrinologista Fabiano Serfaty; imagens de câmera de segurança foram usadas na identificação

Daniela Amorin, O Estado de S. Paulo

03 Abril 2016 | 17h58

Duas pessoas foram presas neste domingo (3) acusadas pela agressão ao médico endocrinologista Fabiano Serfaty, de 34 anos. Serfaty foi esfaqueado na madrugada de sexta-feira (1º), na Rua Ataulfo de Paiva, uma das principais vias do Leblon, bairro nobre da zona sul do Rio de Janeiro.

Bianca Nery Fares, de 22 anos, e o namorado dela, Lucas Silveira da Costa, de 24, foram detidos pelos em Copacabana, na casa da jovem, segundo o jornal O Globo. Imagens de uma câmera de segurança obtidas pelo jornal mostram o médico andando pela calçada quando é surpreendido por um rapaz correndo em sua direção. A mulher corre atrás dos dois homens, que travam uma luta até caírem ao chão. A confusão entre os três é observada por vários pedestres que passavam pelo local no momento do crime.

O jornal afirma que imagens de câmeras de estabelecimentos comerciais mostram que Lucas agride o médico com socos, mas é Bianca quem retira um objeto do bolso e atinge a vítima nos pulmões. A polícia ainda não sabe a motivação do crime. O jovem casal teve decretado mandado de prisão preventiva de 30 dias, por tentativa de homicídio qualificado. Os dois devem ser transferidos para um presídio nesta segunda-feira.

Serfaty está internado no Hospital Samaritano, na zona sul, com estado de saúde estável. A vítima teria sido ouvida por policiais da 14ª Delegacia de Polícia e reconhecido Bianca.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.